Centro de Ciências Exatas e da Terra

Defesa de Dissertação de Luana Priscila

Defesa de Dissertação de Luana Priscila

Ocorrerá no dia 31/03/2022 (quinta-feira) – 14h30 a defesa de dissertação de Luana Priscila da Silva, pelo PPGECNM – PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENSINO DE CIÊNCIAS NATURAIS E MATEMÁTICA. Com o título:

“Proposta de uma sequência didática interdisciplinar e contextualizada sobre produção de açúcar”

O evento será transmitido pelo canal do Youtube da Gerência de Redes do CCET/UFRN, ao vivo, e poderá ser acompanhado pelo painel de transmissão abaixo:

Informações Complementares

RESUMO:

O açúcar é uma importante fonte de energia natural e é acessível às pessoas a partir de diferentes fontes alimentícias, o que o caracteriza como item responsável por fornecer sabor e consistência no preparo dos alimentos, fazendo parte do preparo de diversos pratos na cultura brasileira. O principal meio de obtenção deste produto é a cana-de-açúcar cujo cultivo e o processamento afeta diretamente a economia brasileira desde a época colonial, quando o país estabeleceu sua primeira usina de cana-de-açúcar. Com a modernização do setor sucroalcooleiro, a cana-de-açúcar atualmente não é mais só aproveitada para a produção de açúcar, mas também utilizada para a produção de etanol e para a geração de energia. A abordagem desse tema na Educação Básica apresenta potencialidades para o desenvolvimento de atividades no estudo da Química. Dessa forma, o presente trabalho procurou descrever de que forma o desenvolvimento de uma Sequência Didática sobre produção de açúcar pode contribuir na melhoria do processo de ensino e aprendizagem de estudantes do Ensino Médio. A aplicação da Sequência Didática aconteceu em duas Escolas da Rede Estadual da Paraíba. Sua estrutura foi organizada em seis momentos compreendendo a dinâmica das interações do açúcar no organismo, seus diferentes tipos e utilização, além das implicações de suas práticas no passado e no presente brasileiro e suas etapas de produção envolvendo conceitos abordados nas disciplinas de Química, Biologia e História. Sob essa ótica, esse tema ganha particular relevância para ser trabalhado em sala de aula de forma interdisciplinar e contextualizada utilizando recursos complementares que ajudam a ampliar as inúmeras possibilidades de interação entre as disciplinas e entre as áreas nas quais algumas disciplinas já se encontram agrupadas, como, por exemplo, a Bioquímica no estudo dos carboidratos. No intuito de contribuir com a melhoria do processo de ensino e aprendizagem deste conteúdo, este trabalho apresenta os resultados de uma sequência de ensino com atividades diversas tais como: debates, leitura de textos, palavras-cruzadas, experimentos demonstrativos e apresentações de vídeos. Para tanto, foi utilizado como método para coleta de dados a pesquisa de campo, conforme a participação e observação dos estudantes no decorrer da aplicação das atividades desenvolvidas com os estudantes da terceira série do Ensino Médio de duas escolas da rede pública no estado da Paraíba. Os dados coletados no decorrer das atividades foram analisados com base nos referenciais da pesquisa qualitativa e os resultados sinalizam que o uso de temas que envolvem o cotidiano dos educandos motiva-os no processo de ensino e aprendizagem, já que as Escolas estão inseridas em um contexto de aplicação. Portanto, verificou-se que a Sequência Didática propiciou reflexão e construção de saberes, partindo de um currículo que tem como foco o cotidiano dos alunos, estimulando o processo de aprendizagem, tornando o currículo mais atrativo e ajudando a formar jovens mais conscientes e capazes de aplicar a Ciência em suas relações cotidianas.

MEMBROS DA BANCA:
Presidente – 2525587 – CARLOS NECO DA SILVA JUNIOR
Externo ao Programa – 3007778 – ANDERSON DIAS VIANA
Externo ao Programa – 1138433 – LUIZ ALBERTO DA SILVA JUNIOR
Externo à Instituição – VINICIUS CATÃO DE ASSIS SOUZA – UFV

PALAVRAS-CHAVES:
Produção de açúcar, Contextualização, Interdisciplinaridade, ensino de Química, Sequência Didática.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *